| PT | 
Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

Comunicação Documentos Transporte

18/06/2013

A partir de 1 de Julho de 2013 é obrigatório comunicar à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) todos os documentos de transporte antes que este seja iniciado. Apenas estão dispensados desta comunicação as movimentações de mercadorias que sejam acompanhadas por fatura certificada e os agentes económicos  com um volume de negócios inferior a 100 000 EUR em 2012.

Saiba aqui todos os passos a seguir para esta comunicação de forma automática com a nossa aplicação AGROGESTÃO ® Comercial.


    



1. Utilizar a hora legal 

A hora do computador tem que estar sincronizada com o servidor do Observatório Astronómico de Lisboa. Para isto é necessário alterar as definições de data/hora do Windows e no separador de «Hora da Internet» acrescentar o servidor ntp02.oal.ul.pt e/ou ntp04.oal.ul.pt


2. Criar utilizador no portal das finanças com permissões adequadas

Para isto é necessário entrar no portal das Finanças com as credenciais da empresa e navegar até >Os Seus Serviços > Outras > Outros Serviços > Gestão de Utilizadores. Aqui é necessário escolher a opção de «Criar novo utilizador» e depois de preencher os dados de identificação e acesso deve ser seleccionado a opção «WDT - Comunicação de dados de Documentos de Transporte» na lista de Operações Autorizadas.

Chamamos a atenção que frequentemente apenas o contabilista ou Técnico Oficial de Contas da empresa tem as credenciais da empresa para acesso ao site das Finanças.


3. Utilizar AGROGESTÃO.Comercial - Versão 10.26 ou superior

Verifique a versão na janela de abertura da aplicação e, se for inferior à indicada, utilize a Plataforma AGROGESTÃO ® como administrador para proceder à actualização automática das aplicações.

Os nossos técnicos ou o seu gestor de cliente terão todo o gosto em ajudar neste processo.


4. Parametrizar a comunicação automática

Dentro da aplicação AGROGESTÃO ® Comercial parametrizar a comunicação automática dos documentos de transporte através das seguintes opções:

a) Registar os dados do sub-utililizador e palavra-passe (referido no ponto 2) nos respectivos campos na parametrização da empresa > separador «Informação fiscal/legal»;

b) Garantir que os tipos de  documentos de transporte parametrizados têm as consequências SAFT correctas (Guia de consignação; Guia de devolução; Guia de remessa; Guia de transporte; Guia de movimentação de ativos próprios) e que as variantes destes tipos de documento têm activada a opção «Informação de transporte».

c) Na janela das Configurações Internas {F4} escolher a opção «Comunicar documentos de transporte automaticamente à AT».


5. Cuidados na emissão de documentos de transporte

Existem alguns campos novos que têm que estar obrigatoriamente preenchidos nomeadamente a matrícula, a localidade e o código postal, tanto do local de carga como do local de descarga. Se estes cinco campos não forem preenchidos o sistema não permite a gravação do documento de transporte.

Existe uma nova janela entitulada «Documentos de Transporte» disponível a partir do separador «Atalhos» da janela de Processamento de documentos que permite visualizar todos os documentos deste tipo, o respectivo estado de comunicação à AT bem como a edição manual do código de estado para as comunicações feitas por telefone.



 

 

Voltar