| PT | 
Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

"Made in Portugal"

[ 02/03/2010 ]

“Portugal, a minha primeira escolha” e “Compro o que é nosso” são frases que a maioria dos portugueses reconhece, segundo um estudo sobre esta iniciativa da AEP – Associação Empresarial de Portugal.

O balanço desta campanha de valorização nacional, promovida pela AEP foi apresentado numa cerimónia que decorreu no Europarque. Os primeiros resultados mostram que no final de Dezembro de 2009, este projecto contava com 440 empresas aderentes e na última quinzena aderiram mais duzentas.

Este balanço, que será acompanhado pela distribuição de um livro branco sobre a iniciativa,

Estas empresas representam mais de 1500 marcas, e são responsáveis por cerca de 55 mil postos de trabalho e nove milhões de euros de facturação.

Este projecto “Compro o que é nosso”, foi lançado pela AEP em 2006, com o objectivo de promover e dar a conhecer os produtos fabricados em Portugal aos consumidores.

“Ajuda às empresas portuguesas”, “gera emprego” e “contribui para a riqueza nacional”, são referências que mais de metade da população portuguesa associa a esta iniciativa.

Para a concretização da campanha "Portugal, a minha primeira escolha", a AEP investiu cerca de 1,5 milhões de euros, em 2009 e o objectivo é manter empresários e trabalhadores unidos "em torno de um projecto que acrescenta valor à produção nacional e defende o emprego".

Entre as empresas aderentes, o grupo mais numeroso é do distrito do Porto (22 por cento), seguido de Aveiro (18 por cento) e Lisboa (17 por cento). O ramo alimentar foi o que mais aderiu a esta campanha, com cerca de 32 por cento das empresas.

 

 

 

 

 

Voltar