| PT | 
Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

Vinha, Azeite e Papoilas conferem Comenda de Mérito Agrícola

[ 15/09/2015 ]

A empresa Sociedade Agrícola do Monte Novo e Figueirinha, Lda está estabelecida desde 1998. O fundador é o Comendador Leonel Cameirinha e a gestão da empresa está a cargo do fundador e do seu neto Filipe Cameirinha Ramos.  A Herdade do Monte Novo e Figueirinha tem uma área de 300 hectares de terra plana e boa qualidade, perto de S. Brissos, a cerca de 5 km de Beja, no Alentejo, a região sul de Portugal. As principais produções são a vinha e o olival. As variedades de uvas e azeitonas são cuidadosamente selecionadas para dar corpo ao vinho de alta qualidade e ao azeite, com todas as características distintivas da região do Alentejo.

A Adega da Figueirinha foi construída em 2003 e é uma moderna adega equipada com a mais recente tecnologia, para atender a uma capacidade de produção anual de 800 mil litros de vinho, com uvas provenientes de 70 hectares de produção própria e de outros produtores locais. O enólogo é o Eng. Filipe Sevinate Pinto.

A empresa dispõe, no total, de cerca de 70 hectares de vinhas próprias. Na Herdade do Monte Novo e Figueirinha, foram plantados 40 hectares de vinha, exclusivamente de uva tinta, com castas de excelente qualidade, com destaque para Trincadeira, Aragonêz, Touriga Nacional, Syrah, Cabernet Sauvignon e Alicante Boushet.

Com uma área de 170 hectares de olival, em 2006, a empresa decidiu construir o Lagar da Figueirinha, com capacidade de transformação de 8 milhões de toneladas de azeitonas, e que produz um azeite de alta qualidade. O consultor técnico para a produção de azeite é o Eng.º João Gomes.

Outro dos seus maiores interesses, tem a ver com a plantação de papoila tendo aceitado um desafio feito por uma indústria farmacêutica por considerar uma cultura “importantíssima”.

Pelas suas próprias palavras,  “… no Alentejo, devido ao potencial produtivo do Alqueva, temos das melhores condições para produzir papoila e foi isso que nos levou a aceitar este desafio". Segundo frisa Filipe Cameirinha, a primeira sementeira "correu muito bem e é para repetir".

Pelo seu trabalho à frente dos destinos desta importante empresa agrícola, Filipe Cameirinha Ramos é uma importante referencia na região de Beja, e no no passado dia 10 de Junho,  foi agraciado pelo Senhor Presidente da República com a comenda da Ordem do Mérito Empresarial – Classe do Mérito Agrícola, o que desde logo atesta o valor do seu trabalho para o sector na região.

A empresa Monte Novo e Figueirinha escolheu as ferramentas AGROGESTÃO para suporte de vários dos seus processos de produção: desde a vinha à adega, do olival ao lagar. Também escolheram as soluções da AGROGESTÃO para controlo dos processos logisticos de facturação e compras, e como instrumento para gestão analítica.

 

 

Voltar