| PT | 
Ir para:    página inicial    |    conteúdo página    |    pesquisa 

Balanço de carbono

Tem-se assistido nos últimos tempos a um renascer da consciência ambiental dos consumidores. O enfoque desta consciência é agora na influência que determinados estilos de vida ou consumo de produtos e serviços têm nas alterações climáticas. Como resposta a estas preocupações as empresas têm vindo a desenvolver indicadores ambientais para os seus produtos de modo a torná-los mais eficientes em termos de emissão de gases de efeito de estufa (GEE) ou a compensar as suas emissões.

Empresas lideres de mercado em vários sectores têm estado atentas a estas novas tendências e não descuraram a sua responsabilidade social. Neste sentido propomos um serviço com os seguintes objectivos:

- Melhoria dos processos de produção de modo a reduzir a intensidade carbónica e energética;

- Criação de novos produtos com base na baixa intensidade carbónica da produção ou na compensação das emissões realizadas;

- Promoção de uma nova imagem para a empresa e seus produtos.

O serviço inicia-se com a identificação dos objectivos específicos de cada cliente: criação de um produto/vinho carbono zero, a promoção da adega como de baixa intensidade carbónica e energética,...

Uma vez definidos estes objectivos será necessário proceder à implementação do sistema:

1. Quantificar

Em primeiro lugar são definidos os factores sobre os quais terá de incidir a quantificação de emissões. Este processo segue as indicações fornecidas pelo Greenhouse Gás Protocol do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD) emissão padrão estabelecidos pelo Intergovernment Panel on Climate Change (IPCC), adaptados para a agro-indústria e agricultura pela AGRO.GES. Definidos os factores, é então implementado um sistema de contabilização e monitorização de emissões.

2. Monitorizar

A monitorização ao longo do tempo é assegurada por software da FZ AGROGESTÃO específico para controlo de gestão, rastreabilidade e monitorização ambiental em Agro-indústrias. A empresa torna-se, assim, cada vez mais independente na contabilização das suas emissões sem ter de adicionar um elevado número de registos àqueles realizados para controlo de gestão e rastreabilidade.

3. Reduzir

A organização da informação sobre emissões possibilita as acções seguintes ao grupo consultor a identificação de medidas de mitigação/redução e construção do respectivo plano de mitigação/redução para o cliente.

4. Compensar

O volume a compensar depende, em larga escala, dos objectivos traçados no início: adega com baixa intensidade carbónica, adega carbono zero, vinho carbono zero,...

Neste momento a compensação é realizada através da plantação de floresta em áreas nacionais como descrito no documento de referência Carbono Zero e de acordo com a metodologia estabelecida pela Convenção Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas.

5. Comunicar

O grupo consultor encarrega-se também da criação da imagem dos produtos e da adega, assim como da comunicação e promoção dos mesmos junto de clientes e consumidores.

 

 

Voltar